Acampamento Terra Livre

O Acampamento Terra Livre (ATL) é um grande encontro organizado pela APIB (Articulação dos povos indígenas do Brasil). Reúne em Brasília milhares de indígenas e suas lideranças em uma grande mobilização que conta com a presença de diversos povos de diferentes regiões do país. Através de uma programação que inclui atos públicos, marchas, encontros com autoridades, debates e atividades culturais, os povos indígenas presentes no acampamento chamam a atenção da sociedade e do poder público para a constante violação de direitos constitucionais, por parte, inclusive, dos poderes e agências do estado. Por meio do encontro reivindicam seu direito originário à terra e o respeito a seus modos de vida. Denunciam o sucateamento e aparelhamento de órgãos como a Fundação Nacional do Índio (Funai), e como essas ações espúrias ameaçam a existência e permanência desses povos em seus territórios e fragilizam a situação indígena no país frente ao assédio dos interesses industriais, do agronegócio, das madeireiras e mineradoras.

Os registos contemplados nesse acervo foram realizados na XIV edição do evento, que aconteceu entre os dias 24 a 27 de abril de 2017 na esplanada dos ministérios, em Brasília. Na ocasião estiveram presentes mais de 4000 indígenas, representantes de mais de 200 povos de todas as regiões do país. Além dos debates, reuniões e atos públicos, as brincadeiras, cantos e rituais eram frequentes durante o acampamento. Seus cantos e danças, para além de uma forma de expressão estética ou artística, comunicam o conhecimento e a sabedoria de seu povo, assim como a vitalidade de sua cultura e a capacidade de resistir às ameaças constantes e ao genocídio, etnocídio, ecocídio promovidos contra suas populações desde o inicio do processo colonial. O acampamento é uma estratégia de articulação e luta política e representa a força da união dos povos indígenas brasileiros em torno de causas comuns, como a sobrevivência e o bem estar de seus indivíduos e comunidades e o respeito a seus modos de vida e sua cultura.

1. Guarani Mbyá – Canto (Esplanada dos Ministérios, Brasília, 26.04.2017)
2. Tupinambá – Canto (Esplanada dos Ministérios, Brasília, 27.04.2017)
3. Nhanderu Kaiowá – Canto e Mbaraká (Esplanada dos Ministérios, Brasília, 27.04.2017)
4. Nhanderu Kaiowá – Canto e Mbaraká (Esplanada dos Ministérios, Brasília, 28.04.2017)
5. Awá Guajá – Canto (Esplanada dos Ministérios, Brasília, 28.04.2017)
Compartilhe nas suas redes sociais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *