Festa do Divino Pai Eterno

Uma das maiores peregrinações do mundo, a Festa do Divino Pai Eterno de Trindade-GO é um patrimônio cultural brasileiro repleto de singularidades. A grande Festa do Pai Eterno se dá sempre no primeiro domingo de julho, quando milhões de fiéis brasileiros e estrangeiros se deslocam até Trindade, incluindo devotos que, vindo de muito longe, levam vários dias para chegar ao Santuário do Pai Eterno – muitos que vão a pé tocando seus Carros de Boi numa travessia de semanas de duração. Nos últimos anos, a festa esteve entre as duas maiores peregrinações pontuais do mundo cristão, junto do Círio de Nazaré, no Pará. Durante os dez dias de festa, a devoção e a herança cultural congrega centenas de milhares de pessoas diariamente para agradecer, pedir bênçãos, fazer promessa futuras e pagar promessas passadas. Atípico para uma cidade brasileira de médio-porte, neste período as ruas e o comércio de Trindade ficam majoritariamente abertos 24h por dia, justamente porque o fluxo de romeiros é constante em todos os turnos. Esta devoção um enorme impacto sobre a economia da cidade, especialmente no período da festa, que também influencia toda a região, tanto cultural, quanto economicamente.

Aqui estão registradas a Procissão da Penitência, a Missa da Penitência e a Folia de Reis “Os Magos do Oriente” que fazia seu giro nas redondezas da Basílica do Pai Eterno. Além do emocionante canto dos carros de bois e o incomparável fenômeno acústico das romarias de carreiros, a polifonia de auto-falantes, as missas sertanejas e as liturgias do Pai Eterno são identidades sonoras marcantes na memória afetiva dos peregrinos e dos turistas.

1. Início da Procissão da Penitência
2. Procissão da Penitência
3. Missa da Penitência
4. Folia de Reis “Os Magos do Oriente”
5. Folia de Reis “Os Magos do Oriente”
6. Folia de Reis “Os Magos do Oriente”
Compartilhe nas suas redes sociais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *