Centro Tradicional de Invenção Cultural

Fundado em 2010, o Centro Tradicional de Invenção Cultural é um importante Ponto de Cultura do Distrito Federal. Criado pelo Seu Estrelo e o Fuá do Terreiro, além de ser o templo sagrado desta terreirada de grande valor para a cidade, é um espaço vital para a produção de arte e cultura da região distrital e Entorno. Situado na 813 Sul, o CTIC é certamente um dos polos mais relevantes no fortalecimento da cultura da capital federal, com uma agenda profusa de eventos das mais diversas linguagens e formatos, de oficinas à concertos, de cursos à festivais, ensaio, espetáculo, feira, debate, ato político, mostra, exposição, sarau, slam, etc. Apesar de surgir da iniciativa de brincantes e artistas majoritariamente nordestinos, hoje o espaço fomenta todas as vertentes da cultura brasileira, e nem mesmo se restringe a este universo, promovendo também várias iniciativas e eventos da cena queer, das periferias, da arte contemporânea, dos movimentos sociais, ou seja: um baluarte da Resistência.

Esta pesquisa gravou o evento de arrecadação de fundos para gravação do CD de Zé do Pife e As Juvelinas, no qual foi montada uma feirinha e se apresentaram artistas e brincadores da cidade. Aqui estão registrados trechos das apresentações da banda pé-de-serra Fi de Jenuário, do grupo de estudo de Cavalo Marinho do espaço Invenção Brasileira (Taguatinga-DF) e das Juvelinas.

1. Fi de Januário – Qui nem Jiló (Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira)
2. Fi de Januário – Xaxado (Luiz Gonzaga e Hervé Cordovil)
3. Cavalo Marinho
4. Cavalo Marinho
5. Juvelinas – Homenagem ao Mestre (As Juvelinas)
Compartilhe nas suas redes sociais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *