Boi do Seu Teodoro

O Boi de Seu Teodoro é um boi-bumbá maranhense fundado pelo mestre Teodoro Freire há mais de 50 anos. Natural do Maranhão, Teodoro migra para o Rio de Janeiro em 1953, onde funda o Boi. O Boi do Seu Teodoro se apresenta em Brasília em abril de 1961, na rodoviária do plano piloto, por ocasião do primeiro aniversário da capital, a convite do então presidente da Fundação Cultural de Brasília, o poeta maranhense, Ferreira Gullar. Teodoro se muda no ano de 1962,  juntamente com sua família e o Boi,  para Sobradinho no Distrito Federal, local onde se estabelece e atua a partir de então. O Boi se consolida definitivamente em Brasília em 1963, com a fundação da Sociedade Brasiliense de Folclore (SBF), hoje Centro de Tradições Populares de Sobradinho. Após 50 anos de atuação e resistência o Boi de Seu Teodoro é reconhecido enquanto patrimônio imaterial do Distrito Federal  pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN. 

O Bumba meu Boi Maranhense é um folguedo popular, uma brincadeira encenada que envolve personagens como Pai Chico e Mãe Catirina, o Coroné, o próprio Boi e outras personagens fantásticas. Durante o ano comemora-se o ciclo de renascimento, batismo e morte do Boi. Além dos ensaios semanais que se iniciam com o renascimento e batismo do boi, no Centro de tradições Populares são realizadas novenas e festas religiosas, assim como o Tambor de Crioula. Neste acervo disponibilizamos o registro do Cortejo e Levantamento do Mastro de São Sebastião, além da novena de São Sebastião, suas rezas e cantos. Durante o levantamento do mastro as mulheres seguem cantando e tocando tambores em cortejo até o local onde é fixado o mastro e hasteada a bandeira. Depois todos retornam para o salão e celebra-se a novena em frente ao altar. Essas festividades ocorrem durante o mês de janeiro e o renascimento e batismo do boi se dá em junho, no dia de São Jõao.

1. Levantamento do Mastro de São Sebastião (Centro de Tradições Populares, Sobradinho, 10.01.2017)
2. Novena de São Sebastião (Centro de Tradições Populares, Sobradinho, 10.01.2017)
Compartilhe nas suas redes sociais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *