Romaria de São Gonçalo

Sobre

A Romaria de São Gonçalo ou Império de São Gonçalo é uma festa realizada pela maior comunidade quilombola do Brasil: a Kalunga, da região do Vão de Moleque, distrito de Cavalcante, Goiás que acontece regularmente no mês de setembro. O evento reúne as diversas famílias e grupos da região, que peregrinam rumo ao Vão da Capela, local de realização da festa. A Romaria pertence a um complexo calendário de festejos, rezas e folias realizadas por comunidades Kalunga das cinco regiões do Sítio Histórico Patrimônio Cultural Kalunga: Contenda, Vão de Moleque, Vão de Almas, Kalunga e Ribeirão dos Bois (Ribeirão dos Negros), que abrange os municípios de Cavalcante, Teresina e Monte Alegre de Goiás O Sítio Histórico Kalunga está localizado na Chapada dos Veadeiros, cujo Parque Nacional é reconhecido pela Unesco como Patrimônio Natural Mundial.

A Sussa é uma tradição Kalunga, assemelha-se aos batuques e, nas festas, são dançadas ao pé do mastro, principalmente pelas mulheres, mas não existe restrição de gênero. As cantigas versam sobre diversos temas, exaltam o imperador, a bandeira do mastro, também prevalecem temas rurais e jocosos, acompanhados pelo tambor de onça ou “tambô de rabo” (grande tambor friccionável para tocar em dupla, um percute a pele do tambor com a mão, e outro fricciona o “rabo” com uma luva de pano molhado que soa como o esturro de uma onça).

Romaria de SG 3 Sussa

ÁUDIO SUSSA – 16.09.2016

A curraleira é uma dança inserida na prática ritual Kalunga, geralmente acontece durante as folias da região do Sítio Histórico Patrimônio Cultural Kallunga. Durante a folia de São Gonçalo os homens, ao som da caixa e da viola caipira, cantam, tocam pandeirões e sapateiam, executando uma coreografia complexa e variada. A Curraleira ou Corrida, como também é conhecida, assemelha-se à catira e outras danças ligadas ao universo rural, em específico, o ciclo do gado.

Romaria de SG 5 Curraleira

ÁUDIO CURRALEIRA – 15.09.2016


Como a Gravação foi feita?

A Folia do Cipó é realizada no Vão do Moleque e também é chamada de Folia de São Gonçalo, pois traz o santo em sua bandeira. A característica da folia do cipó é que seu “giro” acontece durante uma tarde e apenas no local do festejo, diferente das demais folias que giram um percurso maior em um período maior de tempo. Entoam cantos à Deus e ao santo, munidos da bandeira de São Gonçalo do Amarante, uma viola caipira, caixa e os pandeirões a folia visita os festeiros em seus barracos, levam o estandarte aos devotos que ajoelham, beijam a bandeira e oferecem uma “esmola” ao santo.

Romaria de SG 4 Folia do Cipó

ÁUDIO FOLIA DO CIPÓ – 15.09.2016

Durante o festejo do Moleque existe um dia reservado às cerimônias que envolvem a corte do império daquele ano e o sorteio dos membros da corte do ano seguinte. Neste dia conhecido como dia do “Império de São Gonçalo” acontece um cortejo da família real e sua corte até a capela. Além do Imperador e sua família, a corte é constituída pelos alferes de bandeira e de adaga, os mordomos, os anjos e as enfeitadeiras. Os mordomos carregam varas enfeitadas de crepom e cercam os membros da corte formando um quadrado, delimitam um espaço ritual sagrado em que apenas os membros da corte têm acesso. O cortejo é acompanhado pelos festeiros, visitantes e os músicos executam um acompanhamento instrumental com sanfona, zabumba, pandeiro, triângulo, agôgo e prato.

Romaria de SG 6 Império de São Gonçalo

ÁUDIO IMPÉRIO DE SÃO GONÇALO – 16.09.2016


O que Encontramos no local?

O sino anuncia três vezes o início de mais um dia da Novena de Nossa Senhora do Livramento, que começa por volta das 19h. Os autofalantes do festejo são desligados em respeito ao momento de louvor em que os noveneiros chegam na capela. A novena Kalunga impressiona pela peculiaridade das vozes, que entoam rezas, benditos e ladainhas, puxados pelo “cabeça da reza”, Seu Emídio, o rezador no Vão de Moleque.

Romaria de SG 1 Sétimo dia de Novena

ÁUDIO SÉTIMO DIA DE NOVENA – 11.09.2016


Nos dias 14, 15 e 16 de setembro acontecem os levantamentos dos mastros de São Gonçalo, Nossa Senhora do Livramento e São Sebastião. Após a missa, inicia-se a cerimônia de levantamento do mastro de São Gonçalo. Os devotos acendem candeias feitas de cera de abelha e fio de algodão e começam uma caminhada de três voltas ao redor da capela, ao som da sanfona, zabumba, pandeiro, prato e o sino da capela, tocado pelo rezador Emídio.

Romaria de SG 2 Levantamento do Mastro

ÁUDIO LEVANTAMENTO DO MASTRO DE SÃO GONÇALO – 14.09.2016


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *